Vagafogo recebe evento do dia Nacional das RPPNs

Na ocasião, presidente do ICMBio assina a criação de mais uma RPPN em Porto Velho (RO).


“Viemos para a roça, viver a vida no campo. Até os anos 80, vivíamos aquele sonho idílico na zona rural. Quando a cidade (Pirenópolis) se transformou, nos abrimos para uma área muito nova: o ecoturismo”, lembra o proprietário da Fazenda Vagafogo, Evandro Ayer. No final dos anos 80, Ayer resolveu transformar sua fazenda num santuário da vida silvestre, um tipo de modalidade de preservação já reconhecida em alguns estados, mas que ainda carecia de regulamentação federal.


No dia 31 de janeiro de 1989, o IBAMA oficializou as Reservas Particulares de Patrimônio Natural. Em 1990, a Vagafogo se habilitou como a primeira delas, certificado preservado com muito orgulho pela família. Em dois anos, com o auxílio de parceiros, conseguiu se estruturar e abrir para visitação. Recebeu, inclusive, a vinda do Princípe Philip, da Inglaterra, esposo da Rainha Elizabeth II, que ansiava conhecer o cerrado. Até hoje, é uma das maiores referências em RPPNs do Brasil.


A RPPN Vagafogo foi a anfitriã do Dia Nacional das RPPNs. O evento contou com a participação do presidente do ICMBio, Adalberto Eberhard; do superintendente do IBAMA (GO), Renato Paiva; do presidente da Confederação Nacional das RPPN, Lúcio Flavio; da consultora ambiental e procuradora da República aposentada, Sônia Wiedman, além de representantes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente de Pirenópolis e diversos proprietários de atuais e futuras RPPNs.


Matéria completa disponível no site: https://www.gov.br/icmbio/pt-br/assuntos/noticias/ultimas-noticias/vagafogo-recebe-evento-do-dia-nacional-das-rppns


Fonte: www.icmbio.gov.br




5 visualizações0 comentário